O 5G ainda não chegou “oficialmente” mas há países que já estão a sentir o seu impacto

A conclusão é da OpenSignal, que avança que alguns utilizadores de 5G já estão a experimentar as velocidades prometidas apenas para depois do seu lançamento “oficial”.

Neste artigo, a OpenSignal analisou a rede de oito países: Estados Unidos, Espanha, Suíça, Coreia do Sul, Espanha, Itália, Emirados Árabes Unidos e Austrália.

No que diz respeito aos downloads, a velocidade mais rápida de 5G identificada pela empresa foi nos Estados Unidos, 1.816 Mbps, 2,7 vezes mais rápida da maior velocidade do 4G. A Suíça ficou em segundo lugar, seguindo-se a Coreia do Sul.

Estados Unidos na frente, mas a história pode mudar…

A empresa acredita que esta realidade vai mudar, caso as redes continuem a expandir-se. Os Estados Unidos estão atualmente mais bem posicionados, porque os seus operadores já são capazes de usar ondas milimétricas para o 5G, com uma capacidade muito alta e um espectro muito rápido. No entanto, contam com uma cobertura muito limitada em comparação com o espectro de banda média 5G de 3.4-3.8 GHz, utilizado na maioria dos outros países.

Apesar de os Estados Unidos liderarem na velocidade dos downloads, a Europa é palco de um ambiente ferozmente competitivo. Os maiores obstáculos à implementação do 5G na Europa são os leilões de espectro que, em alguns países, custaram muito mais às redes do que esperavam gastar.

De acordo com as recentes previsões da Canalys as vendas globais de smartphones 5G deverão ultrapassar as de dispositivos com tecnologia 4G em 2023. A antevisão da analista de mercado especializada na área de tecnologia é que os smartphones 5G totalizem 800 milhões de unidades vendidas, correspondendo a 51.4% do mercado global de dispositivos nesse ano.

O 5G ainda não chegou “oficialmente” mas há países que já estão a sentir o seu impacto was last updated Julho 17th, 2019 by APWPortugal
« Voltar ao Notícias