Já é possível ter internet de banda larga com baixos custos em alto mar…e o projeto é português

O programa MareCom, desenvolvido durante dois anos e meio, foi testado com pela Marinha Portuguesa na Base Naval de Lisboa e promete ser uma alternativa eficaz às às comunicações via satélite e tecnologias usadas hoje em dia.

Os testes foram feitos e já é oficial: agora, vai ser possível ter internet de banda larga e com baixos custos em alto mar, através de uma nova tecnologia inteiramente portuguesa.

Liderado pela empresa de engenharia Wavecom, o projeto MareCom foi desenvolvido durante dois anos e meio, com o objetivo de criar uma solução eficaz e prática de comunicação entre todas as entidades que atuam em alto mar. Com o acesso a novos serviços e aplicações tecnológicas, todas as operações neste ambiente se tornam mais eficientes, incluindo as da Marinha Portuguesa e relacionadas com as frotas de pesca, por exemplo.

Esta nova tecnologia consiste numa caixa de comunicações que é instalada em embarcações e estações de comunicações costeiras, conjuntamente com todas as antenas adequadas. Além disso, foi criada uma aplicação de partilha de conteúdos tolerante a ligações intermitentes.

De acordo com Rui Campos, que faz parte do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência – umas das entidades que participou no projeto – foram atingidos, na demonstração final do projeto, “débitos binários superiores a 10 Mbit/s, muito acima dos valores típicos das comunicações via satélite e sem a latência [atraso] elevada associada”.

Esta solução pode ser uma alternativa muito eficaz às comunicações via satélite e às tecnologias VHF (de frequência muito alta) que se utilizam ainda hoje em dia, já que estão limitadas a comunicações celulares muito próximo da costa ou por via satélite com custos demasiado elevados, latência alta e débito binário ainda baixo (velocidade de transmissão dos bits).

Com a nova tecnologia, que teve, também, apoio do Centro de Investigação Naval (CINAV) da Marinha Portuguesa e da empresa de software Ubiwhere, podem atingir-se alcances até dezenas de milhas da costa.

Já é possível ter internet de banda larga com baixos custos em alto mar…e o projeto é português was last updated Outubro 30th, 2018 by APWPortugal
« Voltar ao Notícias